O mercado de 2017 em termos de volume de venda está parecido com o de 2016, mas distribuído mais uniformemente durante o ano e com maior número de projetos em andamento, explica o sócio diretor da Quattor Esquadrias de PVC, Décio Rodolfo. O ticket médio de projetos caiu em torno de 25%, o que também pode ser considerado um fator positivo, indicando que o PVC começa a ficar mais difundido. Esse conjuntos de fatores mais o lançamento do portão automático corroboram para uma expectativa de crescimento  em torno de 10% em 2018, ressalta o empresário.

Segundo o diretor da Quattor, Décio Rodolfo, o número de propostas apresentadas foi em torno de 40% superior ao anterior, considerando o acumulado do ano.

Ainda muito tímido, podemos perceber uma maior movimentação entre os arquitetos, com novos projetos. Muito cedo para qualquer comemoração.” comenta Décio. O momento é de manter a qualidade dos produtos no maior nível possível e atenção e controle aos custos.